Marcadores:

Região ventro-glútea

Por Cida → sábado, 19 de fevereiro de 2011
Regiao ventro glútea ou rochstter


Técnica muito utilizada em países desenvolvidos, porém aqui não é muito utilizada basicamente por receio e desconhecimento. Formada pelos músculos glúteos medio e minimo, sabe-se que o glúteo médio se origina da asa do ílio, e suas fibras se inserem no trocanter maior; o glúteo mínimo origina-se do ílio e se insere a frente do glúteo médio. Ambos são em forma de leque.
Para a grande maioria dos autores esta técnica nao tem contra indicações, já que a irrigação e a inervação localizam-se a uma boa profundidade e dificilmente seriam atingidos.
Os decúbitos mais utilizados são o ventral, dorsal, lateral, de pé ou sentado.
A técnica de aplicação consiste:



  • Posicionar o paciente de maneira confortavel;






  • Delimitar a região de aplicação colocando a mão esquerda sobre o quadril direito ou esquerdo acompanhando o trocânter, localizando com o dedo indicador a espinha iliaca antero superior. Com os dedos indicador e médio formar um triângulo, definindo desta forma o local de aplicação. Manter o dedo médio sobre a crista ilíaca;






  • Fazer a antissepsia do local;






  • Delimitar novamente o local e realizar a punção em ângulo de 90 graus, posicionando a agulha ligeiramente na direção da crista ilíaca;






  • Puxar o êmbolo e se houver retorno de sangue retirar a agulha, comprimir o local e fazer nova punção;






  • Injetar lentamente a medicação, retirar a agulha no mesmo sentido de introdução e massagear suavemente o local.




  • OBS:-  Auxiliares e Técnicos de Enfermagem só deverão utilizar esta técnica após treinamento e um bom conhecimento da anatomia humana. 



    Marcadores:

    Cida

    Eu sou Maria Aparecida (Cida). Sou Técnica em Enfermagem e trabalho em sala de Vacina a mais de 26 anos em Guapiara / SP.

    2 comentários to ''Região ventro-glútea"

    ADD COMMENT
    1. gostaria de saber apartir de que idade pode ser administrado em crianças esta técnica ventro glúteo?

      ResponderExcluir
    2. A partir de 7 meses nas crianças.

      ResponderExcluir